Comunicado do treinador do FC Porto, José Mourinho, em resposta ao relatório feito por Paulino de Carvalho a respeito do caso da camisola rasgada de Rui Jorge, assim como às declarações de Bettencourt na altura dirigente do Sporting.

«A minha reacção às declarações do senhor Bettencourt é a confirmação óbvia do processo crime indicado no comunicado emitido pela F.C. Porto, SAD. Acredito ser esta a forma mais objectiva e explicita de demonstrar o meu repúdio.

Quero agradecer a todos aqueles que pessoal ou publicamente me manifestaram o seu apoio ou digna e coerentemente não aceitaram precocemente como verídicas as acusações de que fui alvo.

De maior gravidade é o relatório, ou antes a tardia adenda ao relatório do senhor Paulino de Carvalho.

Se o acima referido senhor tem algumas dificuldades em se expressar de forma escrita e se equivocou no ponto quatro da sua adenda, acredito ser possuidor da honradez, que lhe permita rapidamente rectificar o seu dúbio parágrafo e que originou felizes manchetes.

Se o não fizer serei obrigado a mover-lhe um processo crime e com a revolta e a frontalidade que situação tão gravosa exige, dizer-lhe publicamente: O senhor é um mentiroso – Não me viu rasgar a camisola, repito, o senhor é um mentiroso. Digo-lhe aqui e em qualquer lugar, o senhor é um mentiroso.

Para finalizar, relativamente às minhas declarações onde expresso o desejo de sair, gostaria de recuar no tempo dois anos e recordar a todos os portistas o momento difícil sob o ponto de vista desta instituição, fruto da incompetência e incapacidade de um profissional. Imperava a desmotivação, a descrença e a tristeza.

No dia em que cheguei vesti a camisola e dediquei-me com paixão a uma causa. Sob a liderança de um fantástico presidente e de uma dedicada administração, e rodeado de profissionais de altíssimo nível, construímos um F.C. Porto histórico que restituiu valores que fizeram deste clube um grande do futebol mundial.

Creio que os portistas me conhecem, me valorizam e me apoiam; sabem quem sou, o que quero e pelo que luto. Sei que estão comigo, eles sabem que estou com eles.
A todos os portistas… Até sábado!»

José Mourinho
Porto, 05 de Fevereiro de 2004

Anúncios