Archive for 28 de outubro de 2010

Luís Filipe Vieira investigado pela PJ – suspeito de fraude no BPN

Notícia da revista “SÁBADO”

28 de Outubro/2010

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e o seu sócio e braço direito no grupo empresarial, Almerindo Duarte, são suspeitos de terem participado numa burla que prejudicou o Banco Português de Negócios (BPN) em 14 milhões de euros. A notícia é avançada pela revista “Sábado”.

De acordo com a “Sábado”, “na manhã de 30 de março deste ano, elementos da Polícia Judiciária e do Departamento Central de Investigação e Acção Penal fizeram-lhe buscas às suas duas casas (uma situada em Oeiras, outra em Corroios) e à sede do grupo Inland/Promovalor, que lhe pertence”.

Os investigadores deslocaram-se ainda ao “Estoril, onde está localizada a residência particular de Almerindo Duarte”.

A operação judicial está a “coordenada pelo procurador Rosário Teixeira” . O inquérito em causa  “partiu de uma queixa ao MP e investiga indícios de burla e falsificação de documentos, no âmbito de um empréstimo bancário destinado a adquirir acções da Sociedade Lusa de Negócios que pertenciam ao líder benfiquista”.

http://www.record.xl.pt/fora_campo/interior.aspx?content_id=470514

Bernabé, tratador da águia do SLB agredido por Steward na Luz

Notícia do jornal A Bola de 18 de Outubro.

BERNABÉ AGREDIDO POR “STEWARD”

Aquilo que seria impossível de imaginar aconteceu: o tratador do símbolo do clube foi ontem agredido no seu estádio por um elemento da empresa que presta segurança no recinto (Prosegur).

A cena passou-se ao intervalo do jogo: um grupo de crianças carenciadas dirigiu-se a Juan Bernabé para tirar uma foto com o tratador da águia Vitória, atrás da baliza para onde o Benfica atacou na primeira parte. O espanhol acedeu ao pedido mas de pronto foi bloqueado por stewards. «Disseram-me que eu não podia estar naquela zona, mas eu mostrei a minha credencial que me permite aceder ao local», contou Bernabé aos jornalistas. Na discussão, o espanhol foi agredido, a águia soltou-se do braço e permaneceu no relvado a esvoaçar, enquanto o alvoroço continuava. Os adeptos não gostaram e protestaram de imediato.

Entretanto começou a segunda parte, mas no final do jogo Juan Bernabé relatou à imprensa ter pedido à PSP para «identificar quatro stewards, dois deles supervisores», garantindo ainda que irá apresentar queixa contra os agressores. Admitiu ainda ter «reagido» fisicamente às agressões.

«Estou chocado e indignado com tudo o que aconteceu», afirmou Juan Bernabé. Até à hora do fecho da edição não foi possível ter uma reacção da Prosegur.

Aqui está a fotografia do jornal A BOLA com a notícia:

Declarações de Vítor Baia 2

 

O vídeo com as declarações de Vítor Baía na EB 2/3 Nicolau Nasoni, no Porto.

Declarações de Vítor Baía

Declarações do antigo director das relações externas dos dragões, proferidas numa visita à EB 2/3 Nicolau Nasoni, no Porto.

Outubro/2010

Baía critica FC Porto: “Não valoriza os antigos jogadores”

21-10-2010 17:07

 

Vítor Baía teceu, este quinta-feira, e de forma surpreendente, duras críticas ao modo de actuação do FC Porto para com os seus “antigos jogadores” e chegou mesmo ao ponto de afirmar que a sua carreira poderia ter tomado proporções ainda maiores se, em vez de ter jogado nos “dragões”, tivesse envergado a camisola de Benfica ou Sporting.

“Se tivesse feito um percurso no Benfica ou no Sporting, a minha carreira teria tido outra projecção”, confessou, numa visita a uma escola.

Ora, o antigo guarda-redes e ex-dirigente dos “azuis-e-brancos” deixou, então, o reparo ao clube que representou enquanto jogador e, mais tarde, enquanto Director de Relações Externas.

“O FC Porto é um clube muito fechado em si próprio, que não valoriza tanto como devia os antigos jogadores, aqueles que tanto lhe deram”.

in RR

_________________________

Baía diz que teria mais projecção no Benfica ou Sporting

Vítor Baía considerou, ontem, que a sua carreira teria muito maior projecção se tivesse sido feita com a camisola do Benfica ou do Sporting. Disse ainda que o FC Porto é um clube “fechado em si próprio” que não valoriza “tanto como devia” os seus antigos craques.

Declarações do antigo director das relações externas dos dragões, proferidas numa visita à EB 2/3 Nicolau Nasoni, no Porto. “Se aquilo que consegui no FC Porto tivesse sido no Benfica ou no Sporting, acredito que teria outra dimensão, não tenho dúvidas. Se calhar isso tem a ver com o facto de o nosso clube ser muito fechado, de ter uma estratégia para dentro. Isso não ajuda. Perdemos uma oportunidade de ouro, quando fomos campeões europeus, de nos abrirmos bem mais do que fizemos. O nosso clube não faz tudo que está ao seu alcance para potenciar a imagem dos seus jogadores actuais e dos que deram muito ao clube”, criticou.

O ex-número 99 dos dragões teceu, ainda, um comentário sobre o actual dono da baliza do FC Porto. “A melhor época do Helton foi a que coincidiu com o meu último ano de jogador. Tive a oportunidade de lhe passar muitos conhecimentos”.

Sobre treinadores, Baía confessou que Artur Jorge, “por ter apostado num jovem de 18 anos para a baliza”, Carlos Alberto Silva, Bobby Robson e Fernando Santos foram os que mais marcaram a sua carreira profissional. Esqueceu Mourinho? “Esse é a cereja no topo do bolo. É o melhor do mundo”, disse, um dia depois de a Federação de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS) o ter considerado o 15º melhor guarda-redes dos últimos 25 anos. Buffon foi eleito o melhor.

http://www.ojogo.pt/26-295/artigo892310.asp